Valorizar a cultura negra, exaltando identidades e costumes. Com esta proposta, uma parceria entre a Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) Araxá realizou um evento que marcou o início das atividades do Mês da Consciência Negra, na última segunda-feira (13).

O momento contou com desfile que exaltou a beleza negra, com modelos de várias idades; além da apresentação de samba de roda e oficina de turbantes, organizadas pelo Centro de Referência da Cultura Negra.

A programação em celebração à data continuará na próxima semana, com atividades no Centro de Referência, em escolas da cidade e no projeto Prefeitura no Bairro. O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro.

Deixe seu Comentário